Pronomes em Inglês

Pronouns: conhecendo os pronomes em Inglês

“Pronouns”, como chamam-se os pronomes em Inglês, são imprescindíveis na comunicação. Mesmo em nosso idioma, os utilizamos frequentemente, às vezes sem nem notar.

Pronouns servem para substituir substantivos ou apontar referência direta a eles. São responsáveis pela escrita fluida e livre de repetições cansativas.

“Onde João esteve?” “Ele tinha ido ao supermercado.” — onde “ele” refere-se a João, é um exemplo de pronome pessoal em nosso idioma

Hoje, portanto, conheceremos os diferentes tipos de pronomes em Inglês. Com exemplos, a percepção ficará mais aguçada, e você será capaz de aplica-los com segurança e precisão.

Ao trabalho, queridos alunos! Acompanhem-me, por favor.

Personal pronouns — Os pronomes pessoais

Personal pronouns apontam diretamente para as pessoas verbais. E não necessariamente falamos de seres humanos. Pessoas neutras, como “it” ou “they” também são contempladas por eles.

Há dois tipos de personal pronouns, como no Português:

  • Subject pronouns: nossos pronomes pessoais do caso reto;
  • Object pronouns: nossos pronomes pessoais do caso oblíquo.

Vejamos cada um dos grupos, trazendo alguns exemplos de aplicação. Vamos lá?

Subject pronouns: o caso reto

Os subject pronouns se encarregam de substituir a pontar a pessoa de quem se fala. Assumindo esse papel, tornam-se sujeitos das orações enquanto indicam quem o é especificamente.

Apenas para refrescar a memória, eles são:

  • I: o “eu”, sempre escrito com letra maiúscula independentemente de sua posição;
  • You: o qual cabe tanto para “tu” e “você” quanto para “vós” e “vocês”;
  • He, she e it: sendo, respectivamente, “ele”, “ela” e “isso” (tratando de animais ou objetos inanimados);
  • We: referindo-se a “nós”;
  • They: apontando “eles” ou “elas”, seja pessoas, coisas, animais, lugares e afins.

Pronomes em inglês – Exemplos de subject pronouns

I am going to travel next Saturday — (Eu) Vou viajar sábado que vem

What are you doing? — O que você (interlocutor) está fazendo?

Shes got the whole world — Ela (essa mulher) dominou o mundo todo

We are the Champions — Nós (o grupo que formamos) somos os campeões

They are member of the NATO — Eles (os países) são membros da OTAN

Object pronouns: o caso oblíquo

Diferentemente dos subjetct pronouns, estes assumem o lugar de objetos das orações. Assim, fica fácil lembrar: object pronouns comportam-se como objetos.

Embora alguns possuam mesma grafia em ambos os casos, é importante estar atento ao contexto. Afinal mesmo seu posicionamento nos ajuda a entender qual uso foi dado a eles.

Os object pronouns são os seguintes:

  • Me: assumindo a função de “me” ou “mim”;
  • You: mesma grafia do caso reto, mas tem função de “lhe”, “o/a” “a ti” e “a você”;
  • Him: “lhe”, “a ele” e “o”;
  • Her: idem, porém significando “a ela”, e assumindo gênero feminino “a”;
  • It: ibidem, embora trate de animais e coisas, mesmo que possuam gênero;
  • Us: “nos” ou “a nós”;
  • You (plural): “vos”, “lhes”, “a vós” e “a vocês”;
  • Them: “lhes”, “os”, “as”, “a eles” e “a elas”.

Pode parecer difícil, mas vejamos alguns exemplos. Eles clarearão seu uso, vinculando-os ao que utilizamos em Português.

Object pronouns aplicados

Give me all you love tonight — “Dê-me todo seu amor esta noite” ou “Dê a mim”;

I’ll give you my love — “Eu te darei meu amor” ou “Darei a você” ou, ainda, “Lhe darei”;

Bring him some water — “Traga um pouco de água para ele” ou “Traga-lhe”, ou “Traga a ele”;

Lucy gave her a car — “Lucy deu um carro a ela” ou “Lhe deu”, ou “Deu-a”;

My cat is beautiful. I love her — Minha gata é linda. Eu a amo;

They are waiting for us — “Eles estão esperando por nós” ou “nos esperando”;

He promissed them that we will release their lands — “Ele prometeu a eles que devolveríamos suas terras” ou “lhes prometeu” etc.

Possessive pronouns — Os pronomes possessivos

Possessive pronouns podem gerar um tanto de confusão. Afinal, há outra classe de palavras um tanto próxima, a qual podemos entender de forma não adequada.

A grande sacada é compreender que os possessive pronouns substituem os substantivos. Eles tomam, literalmente, seu lugar. Além disso, é comum que estejam ao final das sentenças.

Já os “possessive adjectives”, ou adjetivos possessivos, servem para acompanhar os substantivos, vindo antes deles. “My car”, por exemplo.

Desse modo, quando o substantivo é precedido e modificado, não estamos falando de possessive pronouns. Combinado?

Ah! E outra coisa: os possessive pronouns são sofrem flexão de grau. Permanecem iguais no singular ou plural, apenas respeitando a pessoa.

Conheçamos, agora, os possessive pronouns:

  • Mine: “meu” ou “minha”;
  • Yours: “teu”, “seu”, “tua” ou “sua”;
  • His: dele;
  • Her: dela;
  • Its: disto, disso ou dele (falando de animais ou objetos);
  • Ours: nosso, da gente;
  • Yours: o mesmo que anteriormente, com “you”, porém no plural;
  • Theirs: deles ou delas.

Exemplificando os possessive pronouns

Those shoes are mine — Esses sapatos são meus

I am yours — Eu sou seu, como na canção

Comparando possessive pronouns e adjectives

Apenas como bônus, para mostrar a diferença entre estas classes de forma mais visual:

That house is mine — Aquela casa é minha

Temos o pronome possessivo “mine” ao final da frase. Não está modificando o sujeito, mas o substituindo.

My house is made of wood — Minha casa é feita de madeira

Além do adjetivo possessivo “my” estar no início, ele precede o substantivo. Está modificando-o, atribuindo a questão de pertencer a alguém. Combinado?

Passemos, então, para outros tipos de pronomes em inglês.

Pronomes em Inglês

Demonstrative pronouns — Os pronomes demonstrativos

Exatamente como em nosso idioma, estes pronomes em Inglês servem para apontar ou indicar alguém ou algo. Eles se comportam com relações referenciais de proximidade e distância.

A saber, são eles:

  • This: este/esse, esta/essa ou isto/isso (objetos ou pessoas próximos dos falantes);
  • These: estes/esses, estas/essas ou estes/esses (sendo o plural de “this”) ;
  • That: aquele, aquela ou aquilo (objetos ou pessoas distantes dos falantes);
  • Those: aqueles, aquelas ou aqueles (sendo o plural de “that”);

E partamos para exemplos:

Aplicando os demonstrative pronouns

That is my car — Aquele é meu carro

This is his daughter — Esta é a filha dela

Those are bees, not wasps — Aquelas são abelhas, não vespas

These clothes are still wet — Essas roupas ainda estão molhadas

Relative pronouns — Os pronomes relativos

Chamamos de relative pronouns os pronomes em Inglês que relacionam, em novas orações, nome citados anteriormente. Essa relação é o que dá seus nomes.

Existem, também, no Português. E podemos aproveitar esse vínculo para clarearmos o sentido.

“O livro que li.” “O homem cujo filho fez o gol final.” “Os países os quais assinaram o tratado”.

Vamos conhecer, então, estes pronomes em Inglês:

  • Who: quem (exclusivamente pessoas);
  • That: que, o qual ou a qual (pessoas e/ou coisas);
  • Which: o qual, que (exclusivamente coisas).

E demonstremos seu uso.

Relative pronouns em uso aplicado

She is the singer that I talked about — Ela é a cantora de que falei

Those who persist to deny the reality — Aqueles que persistem negando a realidade

These are the words which works as adverbs — Estas são as palavras que funcionam como advérbios

Interrogative pronouns — Os pronomes interrogativos

Encabeçando perguntas, temos os interrogative pronouns. São pronomes em Inglês responsáveis por exigir que se responda de modo concreto o que foi perguntado.

Temos:

  • What: o que ou qual;
  • Why: por que, pelo que;
  • When: quando;
  • Where: onde ou em que;
  • Who: quem;
  • How: como, de que modo ou quanto;
  • Whom: por quem;
  • Whose: de quem, cujo ou cuja;
  • Which; o que ou qual (mais especificamente para coisas).

Exemplos de interrogative pronouns

What are you doing? — O que você está fazendo?

When are you going to travel? — Quando você vai viajar?

How can I help you? — Como posso te ajudar?

Who are them? — Quem são eles?

Reflexive pronouns — Os pronomes reflexivos

Reflexive pronouns são responsáveis por indicar ações que retornam para o próprio agente. Como o “machucar-se”, porém sendo pronomes em Inglês. Vejamos:

  • Myself: a mim mesmo, a mim mesma, e demais formas em ênclise;
  • Yourself: a você mesmo, a você mesma, e demais formas em ênclise;
  • Himself: a ele mesmo, e demais formas em ênclise;
  • Herself: a ela mesma, e demais formas em ênclise;
  • Itself: a si mesmo, e formas em ênclise;
  • Ouselves: a nós mesmos, e formas em ênclise;
  • Yourselves: a vós mesmos, a vocês mesmos, e ênclises;
  • Themselves: a eles mesmos, a elas mesmas, a si mesmos, e ênclises.

Ênclise, a saber, é quando o pronome em Inglês é posicionado após o verbo, separado por hífen.

Repare como os pronomes em Inglês terminados em “self”, quando no plural, tornam-se “-elves”. É comum em termos que terminam com a letra “F” ou “FE”.

Reflexive pronouns num exemplo definitivo

I will not hurt myself with the knife — Eu não vou me machucar com a faca

Quando o agente é quem realiza e sofre a ação, podendo variar em “machucar-me” (ênclise) e “machucar a mim mesmo”.

Os demais usos são idênticos, apenas variando a pessoa verbal. Tudo bem?

Indefinite pronouns — Pronomes indefinidos

Os indefinite pronouns são inúmeros. São pronomes em Inglês responsáveis por significar coisas vagas ou imprecisas.

Temos, por exemplo — listando apenas alguns, tudo bem? —:

  • Somebody: alguém;
  • Something: alguma coisa;
  • Somewhere: algum lugar;
  • Anybody: qualquer um;
  • Anything: qualquer coisa;
  • Anywhere: qualquer lugar;
  • Nobody: ninguém;
  • Nothing: nada;
  • Nowhere: lugar nenhum.

Como é de se notar, eles baseiam-se em três radicais e, a partir deles, desdobram-se em múltiplos. São os radicais;

  • Some: algum, alguma, alguns, uns ou umas;
  • Any: algum, alguma, nenhum, nenhuma, uns, umas, qualquer;
  • No: nenhum ou nenhuma.

Exemplos de indefinite pronouns

I need somebody to love — Preciso de alguém para amar;

There is nothing I can do — Não há nada que eu possa fazer;

“What do you want for dinner?” “Anything…” — “O que quer jantar?” “Qualquer coisa…”

E, com isso, basicamente terminamos os pronouns, os pronomes em Inglês. Espero que tenha gostado.

Obviamente, há variações de pronomes e subtipos os quais não apontamos. Porém não se preocupe: eles se comportam exatamente como esperado dentro dos grupos.

Leitura constante e imersão no Inglês serão determinantes para você memorizar todos os pronomes em Inglês. Utiliza-los corretamente, depois disso, será fácil fácil.

Agora, hora de revisitá-los e treinar. Monte sua lista inteligente com os pronomes em Inglês que não conhecia e exercite! Isso irá torna-los parte de seu vocabulário em Inglês.

Até a próxima, caros alunos! Fiquem ligados para novas e fresquinhas matérias, que te guiarão até a fluência.

See ya!

Gostou do conteúdo? Compartilhe em suas redes sociais:

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on pinterest
Pinterest
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email
Mario Feitosa
Mario Feitosa
Mario Feitosa é músico, compositor popular, poeta e escritor. Atua, também, como professor de idiomas, redator, ghostwriter e revisor freelancer. É certificado, com o C2 Proficiency Level, pelo Instituto EF Education First em seu exame EF SET (Standard English Test).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *