Present Continuous

O que é e para que serve o Present Continuous

Se eu dissesse que o Present Continuous serve para falar do presente, muita gente faria careta. E com razão. Afinal, o Simple Present já faz isso, não é mesmo? Então por que outro tempo verbal?

E a resposta é bem simples: eventualmente, queremos não só informar o ato que executamos. Mas queremos, também, reforçar que o estamos fazendo neste exato momento.

Eis um dos principais motivos da existência do Present Continuous. O próprio nome denuncia essa continuidade. “Estamos fazendo.”

Há, também, outras manifestações comuns. Podemos apontar como exemplos:

  • Algo que acontecerá num futuro tão iminente que toca o presente;
  • Uma modificação em curso numa ação ou fenômeno presente;
  • Repetição exaustiva de uma ação.

Vejamos, então, a estrutura do Present Continuous. Em seguida, vamos conferir uma série de exemplos, para fixação.

Estruturando o Present Continuous

Reparou como apontei a ideia de “estar fazendo”, ao definir o Present Continuous. Pois é: no Inglês, o mote é o mesmo.

Desse modo, a estrutura fundamental do Present Continuous fica assim:

Pronome + Verbo “to be” conjugado + Gerúndio (ING) do verbo principal

I am watching TV — Estou assistindo TV

I am going to travel — Vou viajar (com proximidade importante em relação ao presente)

Present Continuous - PNG

Aplicando o ING com alterações

Em alguns casos, basta adicionar ING ao radical e formamos o gerúndio. Veja:

  • Work (trabalhar): working;
  • Do (fazer): doing;
  • Watch (ver, assistir a): watching;
  • Cry (chorar): crying.

Nestes casos, é bem simples, não é mesmo?

Contudo há situações nas que não é suficiente adicionar o ING. Por isso, atente-se a estas dicas abaixo:

  • Quando o verbo termina em IE, basta trocar o I por Y e, então, acrescentar ING:
    • Lie (mentir): o gerúndio fica lying;
    • Die (morrer): temos dying.
  • Porém, quando o verbo termina em E, mas não há um I antes da letra, suprime-se a vogal e acrescenta-se o ING:
    • Give (dar): o gerúndio fica giving;
    • Paste (colar): temos pasting;
    • Taste (provar): tasting.
  • Nas ocorrências de Consoante + Vogal + Consoante tônicas, a consoante final fica dobrada:
    • Stop (parar): temos stopping;
    • Get (pegar): getting.

Present Continuous em sentenças negativas

Para negar com o Present Continuous, a estrutura é basicamente igual. Apenas precisamos acrescentar a partícula “not” após o verb to be. Fica deste jeito:

Pronome + Verbo “to be” conjugado + “not” + Gerúndio do verbo principal

I am not watching TV — Eu não estou assistindo TV

Nas sentenças interrogativas

A forma interrogativa do Present Continuous é, também, bastante simples. Basta alterar a posição do pronome com o verb to be. Confira:

Verbo “to be” conjugado + Pronome + Gerúndio do verbo principal

Are you watching TV? — Você está assistindo TV?

Relação entre Present Continuous e outras formas de presente

Talvez você esteja se perguntando por que não utilizar o Present Perfect. Por que não facilitar ignorando o Present Continuous. E a razão é clara como água:

Quando é importante destacar que a ação está sendo levada a cabo neste instante, o Simple Present não resolve. Nasce justamente disso a urgência pelo Present Continuous. Olhe só:

I watch TV — Eu assisto TV

Ótimo. Você assiste TV. Eu também! Mas quando? Agorinha? Por outro lado, o Present Continuous deixa claríssimo a atualidade da informação. “Estou fazendo.”

Por outro lado, o Present Perfect também lida com algo atual. Mas não deseja informar se está em curso agora. Repare:

Presente Perfect Simples: I have watched TV for years — Eu assisti TV por anos

Presente Perfect Continuous: I have been watching TV for years — Venho assistindo TV por anos

Isso não significa que o falante esteve em frente à TV todo esse tempo. Não há, claramente, essa informação contida nas sentenças. E que bom, afinal TV demais faz mal para a saúde, viu?       

Essa é a importância e gravidade do Present Continuous: a certeza e clareza quanto à realização atual e corrente. Ou, também, a iminência do acontecimento.

Fixando o Present Continuous

Exemplos de para fixação

Para consolidar o entendimento do Present Continuous, vejamos uma série de exemplos de seu uso. É simples, e sei que você tirará de letra:

Afirmações com Present Continuous

Lembre-se que, nas afirmações com Present Continuous, a estrutura é pronome + verb to be + gerúndio do verbo principal. Portanto:

The boys are studying — Os meninos estão estudando

She is taking a shower — Ela está tomando banho

It is raining a lot — Está chovendo um bocado

He is going to Europe — Ele está indo (ou vai muito em breve) à Europa

Negações com Present Continuous

Para as negações com Present Continuous, lembre-se: pronome + verb to be + not + gerúndio. Portanto:

The boys are not studying — Os meninos não estão estudando

She is not taking a shower – Ela não está tomando banho

It is not raining outside — Não está chovendo lá for a

He is not going to travel — Ele não vai viajar

Interrogações com Present Continuous

Por fim, as interrogações estruturam-se com verb to be + pronome + gerúndio. Por tal:

Are the boys studying? — Os meninos estão estudando?

Is she taking a shower? — Ela está tomando banho?

Is it raining outside? — Está chovendo lá fora?

Is he going to travel? — Ele vai viajar?

Flexões do verb to be no Present Continuous

 Como é comum em outras aplicações, o verb to be pode sofrer flexão no Present Continuous. Ela é comum na fala e na escrita informal. Por isso evita-se a redução quando a norma culta é exigida:

  • I’m doing;
  • You’re doing;
  • He’s doing;
  • She’s doing;
  • It’s doing;
  • We’re doing;
  • You’re doing;
  • They’re doing.

Gostou da matéria? Então não hesite e compartilhe com seus amigos. E, caso alguma dúvida surgiu ou permaneceu, fale conosco nos comentários. Será um prazer te ajudar.

Fique ligado nas nossas próximas matérias. Nosso grande sonho é você fluente o mais rápido possível, combinado?

Voltem sempre, caros alunos!

See ya!

Gostou do conteúdo? Compartilhe em suas redes sociais:

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on pinterest
Pinterest
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email
Mario Feitosa
Mario Feitosa
Mario Feitosa é músico, compositor popular, poeta e escritor. Atua, também, como professor de idiomas, redator, ghostwriter e revisor freelancer. É certificado, com o C2 Proficiency Level, pelo Instituto EF Education First em seu exame EF SET (Standard English Test).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *