Guia definitivo dos Modal Verbs

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on pinterest
Pinterest
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email
Guia Definitivo dos Modal Verbs

Modal verbs são tão relevantes, na língua inglesa, que até quem não a estuda os conhece. Basta cantar algum refrão famoso ou aprender uma frase de sobrevivência. Lá estarão eles.

Ou vai dizer que nunca cantou junto “Should I stay or should I go?”, do The Clash? Ou, ao se preparar para viajar, não decorou como pedir água, em Inglês?

Esse contato imediato de terceiro grau dá-se naturalmente, quando falamos de Modal Verbs. Afinal são completamente recorrentes as ideias que exprimem, quando nos comunicamos.

Hoje, conheceremos a natureza dos modal verbs. Logo em seguida, veremos aplicações e curiosidades a respeito de vários deles. Vamos lá?

O que são os famosos Modal Verbs

Modal Verbs - O que são?

 Em linhas gerais, modal verbs expressam ideias de desejo, intenção, obrigação, possibilidade e suas negações. Eles se encarregam de modificar ou adicionar sentido a um verbo.

Justamente por esse papel, que eles recebem o valor de “verbos auxiliares”. Afinal sua ação condicionante permite, ao verbo principal, transmitir sua intenção com clareza.

Como de costume, esses verbos possuem construções levemente distintas a depender da situação comunicativa. Há organização diferente dos termos para afirmar, negar e inquerir.

Já tratando da usabilidade, até os que possuem o mesmo significado podem necessitar de emprego pontual. Muitas vezes, um deles pode parecer menos gentil que outro.

E, para evitar futuras testas franzidas, vale muito pena aprofundar-se no tema. Com nossa ajuda, você sairá um craque na aplicação dos modal verbs em sua fala e escrita.

Os modal verbs mais utilizados na língua inglesa

Vejamos uma lista dos mais comuns modal verbs empregados no Inglês. Você poderá perceber a configuração dos termos e, com exemplos, assimilar sua função.

Can — Capacidade, Habilidade e Possibilidade

Um dos modal verbs mais utilizados é o “can”. Ele expressa as ideias de capacidade, habilidade e possibilidade. Vejamos alguns exemplos:

I believe I can fly — Acredito que posso voar

Trata-se de um trecho da canção interpretada por Ronan Keating. Provavelmente você já a escutou.

Nessa aplicação de modal verbs, o verbo “fly” (voar) é modificado. Nisso, ele ganha o sentido de capacidade. Não exatamente física ou real, já que o sentido é poético. Porém falamos de capacidade, OK?

She can dance better than you — Ela pode dançar melhor que você

Aqui, temos o sentido de habilidade sendo transmitido para o verbo “dance” (dançar). Ela pode, de fato, dançar melhor que você. É mais hábil.

Can I go to the bathroom? — Posso ir ao banheiro?

Embora seja um tanto informal, esse exemplo que é recorrente. Nele, “can” ganha o sentido de possibilidade. E repare: o pronome sofreu uma alteração de posicionamento, por ser uma pergunta.

Could — o passado de Can

Modal verbs sofrem menos flexões que outros verbos. Contudo é possível e muito comum que variem em tempo. “Could” é um exemplo excelente.

Concentrado na ideia de possibilidade, “could” corresponde ao passado de “can”. Trata-se de um dos modal verbs muito usados para pedir delicadamente.

I could sleep for days — Eu poderia dormir por dias

We could eat salad tonight — Nós poderíamos comer salada esta noite

You could be mine — Você poderia ser minha

Could she call you later? — Ela pode te ligar mais tarde?

May — uma alternative bem gentil

Igualmente no campo das possibilidades, temos o “may”. É outro dos modal verbs bastante cordiais quando usado para pedir algo. Especialmente permissões.

É, também, uma alternativa para “can” e “could”. Sua característica, nas afirmações, é tratar de possibilidades concretas.

He may come sooner today — Ele pode vir mais cedo, hoje.

May I help you? — Posso te ajudar?

May I drink some water, please? — Posso beber um pouco d’água, por favor?

Might — um correspondente para possibilidades remotas

O “might” comporta-se de modo muito semelhante ao “may” enquanto possibilidade. Porém lida com possibilidades mais remotas. Com menor certeza de que se concretizarão.

It might be raining on Saturday — Deve chover no Sábado

Agora, passemos aos modal verbs encarregados de outras funções além de possibilidades. Comecemos pelos que expressam conselhos, pedidos, recomendações, etc.

Would — pedidos e desejos

Iniciando os modal verbs que exprimem pedidos, temos o “would”. É gentil e polido, sendo relativamente formal. Apenas nunca o use para pedir alguém em casamento, combinado?

Em adição, o would funciona muito bem para expressar desejos remotos. Veja os dois casos:

Would you help me with my purse, please? — Você me ajudaria com minha bolsa, por favor?

If I had the chance, I would invite her for a date — Se eu tivesse a chance, a convidaria para um encontro

Shall — conselhos e sugestões de futuro

Ainda no campo das sugestões e recomendações, temos o “shall”. É muito presente no Inglês britânico para as pessoas “I” e “we”:

Shall we move to Rio de Janeiro? — Vamos mudar para o Rio de Janeiro?

I shall finish this in two hour — Devo terminar isto em duas horas

Should — recomendações, sugestões e conselhos

Essa opção você se lembra: falamos dela já na introdução. Aqui, damos ou pedimos conselhos com a ajuda do “should”:

Should I stay or should I go now? — Devo ficar ou vou embora agora?

You should see a doctor as fast as you can — Você deveria consultar-se com um médico o mais rápido possível

Ought to — um “should” mais formal

Uma forma formal e delicada, a qual substitui o “should” é o “ought to”. Seu uso é um tanto remoto. Porém falamos de um dos modal verbs mais adequados para situações importantes:

You ought to tell it to our boss — Você deveria contar isto para nosso chefe

Will — tratando do fundo

Passando para outra manifestação de modal verbs, temos o “will”. E, aqui sim, temos uma excelente forma de pedir alguém em casamento. Vamos ver?

They will be here soon — Eles chegarão aqui em breve

They will go to Paris on December — Eles irão a Paris em Dezembro

Will me marry me? — Você casaria comigo?

Must — obrigação, dever e proibição

Um dos modal verbs mais autoritário é o “must”. Ele trata dos deveres, obrigações e proibições.

You must pay the invoice — Você deve pagar a fatura

You must not tell it to my mother — Você não deve contar isso para minha mãe

Um uso recorrente do “must” dá-se em suposições. Veja também:

She must be sleeping. That’s why she doesn’t answer the phone — Ela deve estar dormindo. Por isso ela não atende o telefone

Mais detalhes sobre os Modal Verbs

Você deve ter reparado que os modal verbs possuem funções claras e objetivas. Isso nos ajuda na hora de escolher o melhor uso para eles.

Torna-se especialmente importante empregar bem os modal verbs que exprimem maior formalidade. Isso pode ser o diferencial enorme ao lidarmos com estranhos.

Antes de concluir, vejamos a fundo algumas características que só pincelamos. Comecemos com flexões.

Modal Verbs não flexionam em número

Modal Verbs não flexionam em número

Exatamente. Nos exemplos, é possível perceber isso bastante bem. Com flexão em número, nos referimos à pessoa verbal que utilizamos.

Isso significa que, sendo singular o plural, os modal verbs permanecem iguais. Confira:

  • I can — singular;
  • It can — singular;
  • We can — plural;
  • They can — plura;l

Assim, independentemente de número, modal verbs não sofrem alteração.

Em negações, os Modal Verbs recebem o “not”

 Quem pode algo, não pode outra coisa, correto? E os modal verbs também funcionam assim.

Portanto, quando temos uma negação, acrescentamos o “not”. Fica assim:

  • Can — Cannot (ou can’t);
  • Could — Could not (ou couldn’t);
  • May — May not (sem redução possível);
  • Might — Might not (ou mightn’t);
  • Would — Would not (ou wouldn’t);
  • Shall — Shall not (ou, forma arcaica, shan’t);
  • Ought to — Ought not (ou oughtn’t);
  • Will — Will not (ou won’t);
  • Must — Must not (ou mustn’t).

Contudo, assim como explicamos na matéria sobre Present Perfect, atenção com as reduções. Embora muito recorrentes e presentes mesmo na fala, são formas informais.

Ao escrever um e-mail de trabalho, um relatório ou redação, evite-os. Nestes casos que demandam uma forma mais culta, prefira os modal verbs + “not”.

Estruturação dos Modal Verbs nas perguntas

Como de costume, os modal verbs sofrem uma pequena alteração, nas interrogações. A estrutura passa a ser a seguinte:

Modal verbs + Pronome + Verbo afetado

Should I stay…?, por exemplo

Podem ser acompanhados de auxiliares

Tratando de afirmações e negações, os modal verbs podem ser ajudados por outros auxiliares. É o caso de “be” e “have”, que podem estar presentes. Isso engrandece o sentido.

It may be better — Isso  pode ser melhor

Should I have bought those shoes? — Eu deveria ter comprador aqueles sapatos?

Porém, atenção: isso não ocorrerá em interrogações ou interrogações negativas. Nelas, os modal verbs já encerram a demanda por auxiliares.

Pronto! Contei tudo para você a respeito dos modal verbs. Porém, se alguma dúvida permanece, basta falar com a gente pelos comentários.

Treine e leia bastante. A prática de leitura engrandece o vocabulário e ajuda na fixação dos estudos.

Compartilhe esta matéria com seus amigos e volte sempre! Semanalmente traremos apanhados de conteúdos para você melhorar seu Inglês.

A fluência te aguarda!

Até mais, caros alunos!

Mario Feitosa
Mario Feitosa
Mario Feitosa é músico, compositor popular, poeta e escritor. Atua, também, como professor de idiomas, redator, ghostwriter e revisor freelancer. É certificado, com o C2 Proficiency Level, pelo Instituto EF Education First em seu exame EF SET (Standard English Test).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *