Aprender Inglês com filmes: todos os segredos

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on pinterest
Pinterest
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email
Aprender Inglês com Filmes

“É possível aprender Inglês com filmes?”, você deve estar se perguntando. E pode festejar, afinal a resposta é sim! É totalmente possível.

Enquanto o cinema brasileiro caminha tímido, muitos filmes surgem diariamente. Vários deles — ou a maioria, para ser mais exato — contêm áudio original em Inglês. Não é mesmo?

oje, contando com plataformas como Netflix e Amazon Prime Video, o cinema mundial fica ao alcance de nossas mãos. E, com isso, temos toda a oportunidade de não apenas divertir mas também estudar sem sair do sofá.

Então, neste artigo, vou apresentar a você uma série de dicas que te ajudarão a aprender Inglês com filmes.

Por isso, prepare a pipoca e acompanhe-me até o final, combinado?

Ao infinito e além!

A importância da Gramática internalizada

Assim, lembra quando falamos sobre aprender Inglês com música? Lá, falamos da importância da Gramática internalizada. Mas o que é isso?

Gramática internalizada é o aprendizado inconsciente das estruturas de um idioma. É como as crianças aprendem a falar. Assim, tropeçam um pouquinho, porém aprendem e falam perfeitamente.

Aprender Inglês com filmes não foge em nada disso. Quando temos contato com a língua, nos acostumamos com seus usos e expressões. Aprendemos, assim, sem nem prestar a atenção.

Mas é claro que a Gramática internalizada não nos desobriga de estudar. Pelo contrário. Ela apenas facilita nosso caminho, reduzindo a quantidade de regras e fórmulas que precisamos decorar.

E é aqui mesmo que repousa toda a graça de aprender Inglês com filmes: temos a oportunidade de crescer em nossa fluência mesmo quando estamos nos divertindo.

O ponto é: não basta simplesmente assistir a filmes feitos nos EUA ou outros países anglófonos. Temos que adotar estratégias e boas práticas que intensifiquem nossos resultados.

Olhos e ouvidos bem abertos para aprender Inglês com filmes

Aprenda Inglês Assistindo Filmes

Quando nos sentamos para assistir a um filme que gostamos, nosso cérebro capta muitos impulsos. Porém, isso não ocorre quando estamos estudando sem prazer ou entediados com as lições.

Contudo, se pretendemos mesmo aprender Inglês com filmes, é necessário recordar dos objetivos com frequência. Isso nos ajudará a não cairmos em total distração da história.

Ao falarmos sobre como melhorar a compreensão do Inglês, apontei uma série de dicas de imersão. Além disso, apontei obstáculos frequentes que se impõem aos nossos sentidos.

Por isso, para não nos repetirmos aqui, peço que leia a matéria apontada. Tenho certeza que você aproveitará muito melhor o exercício de aprender Inglês com filmes.

Apenas para retomar, comentei, no texto apontado, boas práticas ao assistir a filmes em Inglês. Recordemos algumas delas. Serão determinantes para você aprender Inglês com filmes de verdade.

Atenção aos sotaques

Cada lugar do mundo possui seu modo particular de fala. Velocidade e mesmo entonação mudam mesmo de cidade para cidade.

Então, ao buscar aprender Inglês com filmes, lembre-se disso: algumas palavras podem ser ditas de maneira não necessariamente “correta”, como gírias e afins.

Quando houver dúvidas, consulte a grafia correta e, também, a pronúncia mais convencional. Nisso, o Google Translator será seu grande aliado. Não hesite em visita-lo.

Não poupe o volume da televisão, mas sem exageros

Se seu aparelho de TV ou tablet estiver com o volume muito baixo, será difícil ouvir bem as palavras e diálogos. Desse modo, será mais complicado aprender Inglês com filmes.

Portanto, busque o ponto adequado no qual é possível ouvir tudo direitinho. Apenas evite incomodar outras pessoas ou ferir seus ouvidos. Cuidado com exageros, tudo bem?

Utilize legendas sempre que necessário

Caso esteja começando a estudar Inglês agora, legendas facilitarão e muito a aprender Inglês com filmes.

De início, elas até podem estar em Português. No entanto o que importa é que você ouça as palavras com atenção e busque gerar paralelos entre elas ditas em Inglês e escritas em Português.

No entanto, só tome cuidado com traduções. Elas não necessariamente são precisas, tudo bem?

Prefira as legendas em Inglês

Mas, obviamente, você precisará já saber um tantinho de Inglês para isso. Todavia, sentindo segurança, coloque as legendas originais para rodarem junto à imagem.

Fazendo isso, você estará estimulando seu cérebro duas vezes: uma com a audição; outra com a visão. Então, sem perceber, você estará lendo assimilando tanto pronúncia quanto grafia de cada palavra.

Além disso, caso tenha entendido mal ou não entendido algo, poderá se fiar na legenda para compreender a mensagem.

Paciência, pequenos gafanhotos… Paciência

Tornar-se fluente não acontece do dia para a noite. Tampouco aprender Inglês com filmes é tarefa mágica.

Você precisa estar ciente de que está em um processo. Assim, Cada aprendizado novo é um degrau. E a escada tem vários deles.

Sendo assim, progrida nas etapas com paciência, sem cobrar demais de si. É muito importante que relaxe a aproveite a experiência.

Então, quando menos esperar, terá conseguido aprender Inglês com filmes sem sofrimento ou frustração. E nunca, jamais abandone os estudos formais. Combinado?

Assim que puder, comece a utilizar o aprendeu nos filmes para montar sua lista inteligente. Falamos dela na matéria sobre aumentar o vocabulário em Inglês. Você vai adorar o método!

Mas, agora, é hora de compartilhar esta matéria com seus amigos. Tenho certeza que eles também estão ansiosos para aprender Inglês com filmes.

Ah! E conte-nos sobre seu progresso. Pois, é muito importante para nós sabermos se estamos te ajudando verdadeiramente. Portanto, deixe seu comentário. Será um prazer receber seu feedback.

Bons estudos, caros alunos, e voltem sempre. Porque temos sempre artigos fresquinhos, cheios de dicas e pesquisa para ajudar você em seu sonho de atingir a fluência no Inglês.

See ya!

Mario Feitosa
Mario Feitosa
Mario Feitosa é músico, compositor popular, poeta e escritor. Atua, também, como professor de idiomas, redator, ghostwriter e revisor freelancer. É certificado, com o C2 Proficiency Level, pelo Instituto EF Education First em seu exame EF SET (Standard English Test).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *